Tempo perdido – Renato Russo | #BelasCanções | Episódio 029

Em mais um episódio da série #BelasCanções hoje vou fazer algumas reflexões da música Tempo perdido do Renato Russo. Uma música que realmente nos faz refletir muito sobre algumas situações da vida que merecem mais nossa atenção. Confira!

Tempo Perdido – Renato Russo

Clique aqui para acessar o link.

A primeira grande reflexão dessa música é com relação a parte que ele canta “sempre em frente, não temos tempo a perder.” Sabe, o que eu interpreto dessa parte da música é que devemos sempre seguir em frente independente do que aconteça em nossas vidas. Eu vejo muitas pessoas desistindo de um sonho, de viver, etc., por causa de algumas decepções. Isso é lamentável, pois devemos nos reerguer e seguir em frente sempre com mais fé e esperança.

Outra parte interessante é com relação a frase “temos nosso próprio tempo, temos nosso próprio tempo”. Cara, essa parte é fenomenal, pois muitas pessoas acham que não possuem mais tempo para realizar algum sonho, encontrar um grande amor, enfim. Precisamos entender que cada um de nós tem o próprio tempo para alcançar tudo isso. Então não importa a idade, mantenha sempre uma perspectiva de possibilidades sempre indo atrás daquilo que você deseja. Perca esse medo de achar que você não tem mais tempo para realizar algo, o medo é apenas uma ilusão que te impossibilita de conquistar seus objetivos. Sobre o medo abaixo desse vídeo vai ter um link para você aprender dicas que vão te ajudar a superar seus medos.

Espero que esse artigo tenha feito uma diferença na sua vida. Ficarei muito feliz em ler um comentário seu a respeito da leitura. Vamos lá! Deslize essa tela para baixo e deixe seu comentário mais abaixo! Será um prazer saber a sua opinião.

Seja mais um importante contribuinte:

Para que possamos ajudar cada vez mais pessoas diariamente a superarem seus limites e terem inspiração para vencerem na vida eu necessito da sua contribuição. Se for de coração alegre clique aqui e me ajude a ajudar.

Compart. 0

Deixe um comentário: