Seja você mesmo – aprenda a viver sua própria vida

Sabe aquele sentimento de não estar vivendo realmente feliz? Seja você mesmo que isso muda. Muitas pessoas causam sua própria infelicidade. A verdade é que isso é mais comum do que se pode imaginar. Quando o indivíduo aprende a viver pelos sonhos dos outros acaba se afundando em um posso de lamentações. Caso seja o seu caso, continue acompanhando o artigo e se surpreenda com as dicas.

No primeiro tópico irei te dar dicas incríveis sobre como se amar é fundamental para ser você mesmo. Após irei falar sobre maneiras de você não recusar a si próprio. Além é claro de falar sobre como conhecer seus valores se torna um passo fundamental para guiar suas decisões.

Desejo que a leitura desse artigo seja um divisor de águas em sua vida. Foi escrito com muito carinho para causar transformações. Mas vamos passar logo ao conteúdo. Aproveite!

Seja você mesmo – o primeiro passo é se amar

seja voce mesmo

Muitos que optam por seguir caminhos distintos da sua verdadeira vontade tendem a sentir falta de amor por si próprio. A verdade é que muitas pessoas não percebem o mal que estão fazendo com suas vidas ao trilhar percursos não queridos. É importante que seja você mesmo o arquiteto dos seus passos, não viva de modo que outros construam sua vida. Logo abaixo darei algumas dicas para você se amar mais e consequentemente viver por seus próprios desejos.

A primeira dica é o autoconhecimento. Você realmente se conhece? Sabe quais são seus gostos? Desejos? Vontades? Muitos por viverem uma vida baseada nas escolhas já pré-programadas dos outros sequer sabem o que verdadeiramente as deixam felizes. Caso sua resposta seja negativa, reserve um tempo para mergulhar dentro de si e descobrir seus verdadeiros sonhos.

Após saber seus verdadeiros objetivos é importante que você reveja o que pode ser feito para ir em busca. Liste todos os pontos positivos que você possui para realizar tais objetivos. Reconheça também os negativos e o que pode ser feito para lidar com eles. Não tenha medo de mudar ou mesmo de decepcionar aqueles que adoram o seu comportamento atual. Afinal, de nada adianta agradar aos outros e não estar contente consigo mesmo. Lembre-se que você sempre será a pessoa mais importante da sua vida. Então, seja você mesmo!

Por fim, é importante ter atitude. Somente com ela você realmente conseguirá trilhar seu caminho. De nada adianta seguir todos os outros passos se realmente não houver ação para a realização. Ter atitude é agir com real vontade em conquistar o que foi programado. Essas simples dicas podem fazer uma diferença em sua vida. Aplique-as e saiba o gosto de construir o seu futuro. No próximo tópico falaremos sobre a importância de não recusar a si próprio.

Não recuse a si próprio

seja voce mesmo nao recuse a si proprio

Muitas pessoas por temerem a rejeição acabam desempenhando papéis que não gostariam. Muitos recusam a si próprio para ter a atenção e ser uma fonte de orgulho para aqueles que amam. O ruim é que viver dessa maneira é fazer com que os outros admirem aquilo que não somos verdadeiramente. Isso traz inúmeros tormentos que têm o poder de denegrir nossa própria satisfação com a vida. Afinal, aquilo que somos fica preso dentro de nós e nunca damos a chance de gostarem da nossa própria versão.

Seguir a multidão por medo de julgamentos é uma calamidade. Não é à toa o número de insatisfeitos aumentar a cada dia. O pior é que existem padrões para tudo que possamos imaginar. Existe o padrão para o sucesso. O padrão de beleza. O padrão de comportamento. Entre vários outros. Não viva dessa forma, não denigra si próprio por rótulos criados por sabe se lá quem.

A dica que eu te dou, por óbvio, é que você não recuse a si próprio. Seja você mesmo. Se o seu padrão de sucesso é seguir, por exemplo, uma carreira que não está “na moda”, viva por isso. Muitas pessoas têm desejos gigantes por alguma profissão, mas praticamente se obrigam a seguir o que os pais ou mesmo a mídia deseja. Não viva pelos sonhos que são dos outros, lembre-se que a vida é curta até para realizarmos os nossos próprios objetivos.

A maneira mais autêntica de viver uma vida realizada é ir em busca do que acreditamos. Não permaneça infiel as suas vontades. Recentemente escrevi um artigo que pode te ajudar ainda mais a escolher sua própria vida – clique aqui para conferir. Tenho convicção que será de grande ajuda, mas antes preciso que você compreenda que…

Os outros estão ocupados, seja você mesmo

seja voce mesmo - outros ocupados

Oscar Wilde certa vez disse “seja você mesmo, todos os outros postos estão ocupados”. Ele realmente tinha o dom com as palavras. Mas como dito no primeiro tópico, você precisa se conhecer primeiramente. Na verdade mais do que apenas se conhecer, é importante que você se aceite da forma que é! “Afinal, como posso fazer isso, Douglas?” Bom, acompanhe a dica a seguir.

A dica é que é importantíssimo que você encontre um tempo para conhecer seus valores, conhecer a sua essência. Parece estranho, mas muitos não sabem quais são os seus principais valores. Essa falta de conhecimento gera muitos descontentamentos. Faça realmente uma análise e descubra seus valores, descubra os principais, pois após esse conhecimento você poderá agir de forma mais sensata.

Por exemplo, meus valores principais são: 1) saúde; 2) fé; 3) amor; 4) honestidade; 5) harmonia; 6) sabedoria; 7) gratidão; 8) fazer a diferença; 9) aprender; 10) disciplina; 11) alegria; 12) ser o melhor eu; 13) coragem; 14) solidariedade. Então qualquer que seja a circunstância eu tenho em mente qual será o meu próximo passo por conhecer meus valores. Digamos que para fazer uma diferença eu me discipline a trabalhar 20 horas por dia. Mas isso irá, totalmente, em sentido contrário ao meu valor principal que é ter uma boa saúde. Ou ao valor número três que é o amor, pois não terei tempo para as pessoas que amo. Então qual será minha atitude? Agir de acordo com meus valores principais.

Quando nos conhecemos melhor passamos a ter uma vida mais plena e alegre. Minha dica sempre será: seja você mesmo. Afinal, foi a partir do momento que eu aprendi a viver minha própria vida que tudo começou a fazer sentido. Inclusive eu conto aqui nesse artigo como tudo aconteceu – clique.

Viver ou apenas sobreviver?

Por fim, fica claro que você precisa urgentemente viver sua própria vida. As dicas apresentadas nesse artigo realmente podem fazer uma grande diferença. Use-as para, de fato, viver uma vida com a real vontade dos seus desejos. Não perca mais tempo apenas sobrevivendo nesse mundo, pois quem vive por sonhos dos outros não vive, apenas sobrevive.

Antes de me despedir quero deixar o seguinte pensamento: “Só existem dois dias no ano que nada pode ser feito. Um se chama ontem e o outro se chama amanhã, portanto hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer e principalmente viver.” – Dalai Lama. Seja você mesmo! Viva sua vida! Faça suas vontades! O momento é o aqui! A hora é agora!

Espero que esse artigo tenha feito uma diferença na sua vida. Ficarei muito feliz em ler um comentário seu a respeito da leitura. Vamos lá! Deslize essa tela para baixo e deixe seu comentário mais abaixo! Será um prazer saber a sua opinião.

Seja mais um importante contribuinte:

Para que possamos ajudar cada vez mais pessoas diariamente a superarem seus limites e terem inspiração para vencerem na vida eu necessito da sua contribuição. Se for de coração alegre clique aqui e me ajude a ajudar.

Compart. 0

2 Comentários

Deixe um comentário: