Sedentarismo: o guia prático para ter o controle

Percebo que as pessoas estão cada vez mais sedentárias (a maioria). Muitos dizem que o sedentarismo será a doença do próximo milênio em virtude dos avanços tecnológicos. Outro grande problema é que o sedentário desenvolve diversas outras dificuldades, como a obesidade. Muitas pessoas sedentárias elas até entendem que precisam mudar, todavia pensam como uma hipótese impossível de ser realizada.

Diabetes, doenças do coração, osteoporose, câncer, problemas respiratórios, são algumas das doenças que o sedentarismo provoca. Quando os hábitos praticados não são saudáveis, todo o seu corpo será afetado com isso.

É extremamente importante que você tenha o controle sobre suas ações, muitas pessoas se deixam ser controladas por hábitos antigos. Com um direcionamento adequado você consegue se livrar do sedentarismo aprendendo a ter foco em situações que podem te levar para um nível mais elevado de vida. Nos próximos tópicos irei dar dicas incríveis sobre como você pode focar nas soluções e deixar de ser sedentário. Aproveite o conteúdo!

O “mal” do avanço tecnológico

sedentarismo controle remoto

A verdade é que eu sou fascinado com a praticidade promovida pelos avanços tecnológicos. Todavia, uns sabem aproveitar o conforto que a tecnologia traz, outros acabam se tornando escravos dela. Controle remoto, elevadores, carros, muitos avanços afetam o estilo de vida da população, consequentemente há um maior número do sedentarismo.

É sedentário aquele que gasta poucas calorias durante o dia. A falta ou grande diminuição de atividades físicas torna as pessoas mais inativas, isso contribui para gerar doenças crônicas degenerativas. Hipertensão, obesidade, diabetes, câncer, etc., são fortemente vinculados a esse estilo de vida precário.

Caso esteja lidando com o sedentarismo, tenho dicas que irão trazer grandes melhorias desde que você mantenha o controle. A primeira é a prática de atividades físicas (natação, caminhadas, musculação, pular corda) procure realizar algo que lhe traga prazer. Aliado a isso, mantenha uma alimentação saudável, dando preferência a alimentos que são ricos em água: frutas, verduras, legumes. “Mudanças de hábitos alimentares e a prática regular de atividade física são modificações que podem melhorar de forma significativa os fatores de risco dessas doenças, sendo, além disso, intervenções de custo moderado, quando comparadas a tratamentos e medicamentos dependentes de alta tecnologia.” – Rique Soares Meirelles.

Espero que essas dicas direcionem o seu foco para situações que podem trazer benefícios para você. Muitas pessoas desconhecem o quanto um estilo de vida precário pode ser trágico. No próximo tópico abordei como o sedentarismo fortalece a possibilidade das pessoas se tornarem obesas. Confira.

A relação do sedentarismo com a obesidade

sedentarismo má alimentação

Atualmente, o sedentarismo está mais frequente, ao ponto da população gastar menos calorias do que antigamente. Aliado ao fato de uma má alimentação e pouca ou nenhuma atividade física, há um consumo maior de calorias. Quando existe essa combinação de menos calorias gastas e mais consumidas, a pessoa tende a médio/longo prazo se tornar obesa.

Outro fator preocupante com relação ao sedentarismo/obesidade é a quantidade de crianças que estão sendo vítimas desse grave problema. Os pais estabelecem péssimos hábitos alimentares aos pequenos, estes (no mundo tecnológico) optam por games ao invés das brincadeiras tradicionais. Por esses fatores, os números da obesidade infantil crescem de maneira alarmante.

Além dos exemplos citados anteriormente (atividades físicas e alimentação saudável) é importante aliar outras medidas para lidar com a obesidade. Uma vez que pessoas obesas tendem a ter outras doenças, se torna cabível realizar alguns exames, segundo especialistas. Primeiramente, procure um cardiologista para fazer um teste cardiorrespiratório, com os exames facilita para o profissional físico determinar seus exercícios. Após, procure um nutricionista para que ele alie sua mudança de hábitos como praticar exercícios físicos com uma alimentação adequada. No mais, “não pergunte o que seu corpo pode fazer por você. Pergunte o que você pode fazer pelo seu corpo.” – Lucília Diniz.

Muitas pessoas não entendem que é perfeitamente possível mudar desde que elas assumam o controle da vida. Devido a esse comportamento é grande o número de pessoas que…

Embora insatisfeitas, “é difícil mudar”

sendetarismo zona de conforto

Sabe aquela pessoa que tem em mente que precisa se movimentar, praticar algum esporte ou exercício físico e não começa? Muitas tentam iniciar vários projetos, mas não conseguem dar continuidade, pois é incômodo sair da sua zona de conforto. Quem é sedentário não possui vínculo prazeroso com situações que tendem a gerar esforço, assim algumas práticas se tornam desconfortáveis.

O sedentário está insatisfeito com sua vida, com seu corpo, mas pensa que é difícil ou quase impossível promover melhoras. Deixar o sedentarismo não será uma das tarefas mais fáceis, já que significa uma mudança significativa no estilo de vida.

Uma dica importante para se livrar do estado sedentário, para promover as mudanças que tanto deseja é ter persistência. Não adianta apenas se matricular em alguma academia, ter uma alimentação balanceada se na primeira semana você desistir. Persista! Não se deixe desmotivar. É necessário também que haja regularidade, pois a mudança não vem daquilo que é feito uma única vez, mas sim daquilo que é feito de maneira regular.

Quando você está no processo de mudanças de hábitos, está mudando algo que está há anos instalado em sua vida. Por isso, é fundamental que você tenha paciência se, por ventura, no caminho cometer alguma falha. Lembre-se que ao mudar sua história você está construindo um novo futuro. Stephen Covey já dizia “eu posso mudar. Eu posso viver da minha imaginação ao invés da minha memória. Eu posso me amarrar ao meu potencial ilimitado ao invés do meu passado limitado.”

Assuma o controle

Por fim, eu dei dicas incríveis de como você pode superar os limites provocados pelo sedentarismo. Tudo será possível desde que você assuma o controle, mantenha seu foco direcionado para como solucionar os problemas. Não se permita sofrer com uma vida limitada, levante-se e vá viver o melhor que o mundo tem a oferecer.

Antes de me despedir, quero deixar o seguinte pensamento: “Tenho consciência de ser autêntica e procuro superar todos os dias minha própria personalidade, despedaçando dentro de mim tudo que é velho e morto, pois lutar é a palavra vibrante que levanta os fracos e determina os fortes.” – Cora Coralina. Erga-se! Você é capaz de superar qualquer obstáculo.

Espero, de coração, que esse artigo tenha sido útil para você. Ficarei honrado em receber o seu comentário a respeito de como ele pode te ajudar. No mais, compartilhe essa mensagem com os seus amigos e ajude-os a superar essa adversidade.

Espero que esse artigo tenha sido útil para você. De verdade, ficarei imensamente satisfeito em ler o seu comentário. E, claro, que tal ajudar um amigo que tanto precisa superar o sedentarismo? Logo abaixo tem opções para você compartilhar o conteúdo. Aproveite!

Já pensou em acordar todos os dias com algum conteúdo vip para ler? Algo que renove seu ânimo para o dia que está iniciando? Se for afirmativa sua resposta, tenho uma excelente dica para você (clique aqui e confira). Um grande abraço do seu amigo Douglas Teixeira

Compart. 0

Deixe um comentário: