Não andeis ansiosos – 5 dicas para aliviar a ansiedade

Na bíblia está escrito não andeis ansiosos, todavia a ansiedade vem se configurando como um dos grandes problemas da nossa sociedade. Muitas pessoas vivem presas ao futuro sofrendo por antecedência em caso de situações hipotéticas. É um problema sério, afinal muitos entram em estados paralisantes e acabam se tornando pouco produtivos. Porém, a boa notícia é que você pode aprender a superar essa limitação e viver de maneira mais tranquila.

No decorrer desse artigo você aprenderá um pouco sobre o que diz a bíblia a respeito da ansiedade no tocante ao não andeis ansiosos. Em um momento posterior falarei como esse hábito pode nos levar a sentir ameaças constantes. Além, é claro, de trazer cinco passos que irão te ajudar a se livrar dessa incapacidade emocional.

O meu intuito é te presentear com uma leitura que realmente esteja apta a transformar sua vida de maneira incrível. Uma vez que eu sei o quanto a ansiedade pode ser maléfica. Mas, chega de introdução. Aproveite o conteúdo!

Não andeis ansiosos

não andeis ansiosos

Tenho notado que uma dificuldade muito comum nas pessoas é a de não seguir uma frase expressa na bíblia: não andeis ansiosos. Embora muitas passagens bíblicas nos diga sobre como somos protegidos por Deus, muitas pessoas acabam desenvolvendo medos, traumas, preocupações com relação ao futuro. E o crente que vive dessa maneira se compara ao cidadão que entra no elevador, mas tem medo de colocar sua pesada mala no chão e prefere segurar todo o peso.

Eu até entendo que existem muitas situações que podem nos levar a preocupação. Mas tem de ser aquela preocupação que nos sirva para analisar a situação e tomar melhores atitudes. E não essa que leva a ansiedade e causa sintomas tão devastadores em quem as sente. Em Filipenses 4: 6,7 está escrito: não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graça. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus.

Viver com essa crença que existe um Deus que assim como diz Pedro “lançado sobre Ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós” não quer dizer que os seus problemas serão retirados ou que você não sofrerá nenhuma adversidade na terra. Na verdade, em meu modo de pensar, o que será retirado é a pressão que poderíamos vir a sentir em momentos assim.

Ninguém é obrigado a carregar o fardo de ser uma pessoa ansiosa, uma pessoa com preocupações excessivas. Devemos confiar mais em Deus e acreditar que quando as adversidades surgirem saberemos lidar melhor com as situações. Se você deseja aprender como não sofrer antecipadamente por problemas que podem vir a nem acontecer clique aqui.

Uma ameaça constante

não andeis ansiosos ameaça constante

Embora eu tenha analisado anteriormente sobre uma perspectiva bíblica é importante saber que a ansiedade atinge crentes e ateus; jovens e velhos; doutores e analfabetos; homens e mulheres. Na verdade, a ansiedade vem sendo classificada como a doença do século. Muitas pessoas vivem prontas para explodirem sempre com os nervos a flor da pele. Muito em função de uma vida tão corrida, das cobranças diárias por mais sucesso, por mais progresso, etc.

Há várias causas e sintomas que pode levar alguém a sentir uma ameaça constante. Não é raro ver indivíduos com medo de perder os pais; medo de desenvolver algum tipo de doença e morrer; medo de não se casar e viver sozinho; medo de se casar e não dar certo. Você consegue notar como essas ameaças são contraditórias? É necessário ter em mente que o futuro não nos pertence ainda. É preciso viver mais o momento presente.

Não é difícil perceber o quanto muitas pessoas desenvolvem a ansiedade. Afinal, existe um estudo que diz que a maioria das pessoas vivem 70% do seu tempo presas em acontecimentos passados. Outros 25% em acontecimentos futuros. E, apenas 5% do seu tempo vivendo realmente o momento presente. Eu te pergunto: o que, afinal, te pertence… o futuro, o passado ou o presente? Então porque viver apenas a menor parte do tempo naquilo que realmente te pertence?

Aprenda a viver mais o aqui e agora. Não fique preso em ameaças que provavelmente não acontecerão tão cedo. Saiba se livrar dessas amarras mentais e emocionais e viver uma vida melhor. Clique aqui e conheça uma maneira de se livrar de vários limites.

5 passos para eliminar a ansiedade

não andeis ansiosos aliviar

O primeiro passo é que você necessita aceitar a incerteza. Muitas pessoas que sofrem de ansiedade tendem a querer ter certeza de como tudo acontecerá. Essa preocupação é vista como uma maneira benéfica para antecipar os fatos e está preparado para o futuro. Todavia, ocorre justamente o contrário, afinal não há como prever os acontecimentos e assim o medo começa a pairar nos pensamentos do indivíduo que tende a temer certos momentos.

A segunda dica é com relação a criar um período para se preocupar. Calma! Não estou sendo contraditório. Eu disse no início do artigo que a preocupação pode ser benéfica para nos levar a ser mais atenciosos com nossas atitudes. Desse modo podemos analisar mais as situações e escolher melhores caminhos. Mas lembre-se, é um momento de preocupação para análise e solução e não para temores e criação de novos problemas.

A terceira dica é que você precisa encarar os seus pensamentos negativos. Não deixe com que eles controlem suas emoções, suas ações. Muitas vezes criamos distorções e nos apresentamos um mundo muito mais perigoso do que ele realmente é. Então saiba desafiar seus pensamentos negativos para estar mais presente com a realidade.

O quarto passo é que você aprenda a cuidar mais de si próprio. Por exemplo, faça exercícios físicos – um excelente meio de se livrar da ansiedade e depressão; procure ter hábitos alimentares saudáveis; procure ajuda de familiares e amigos; faça atividades que te dê prazer. E, por fim, o quinto passo é que você precisa saber a causa da sua ansiedade para eliminá-la na raiz. Clique aqui porque assim você conhecerá o melhor método, em minha opinião, para te ajudar nesse quesito.

Antes de me despedir gostaria de deixar a seguinte mensagem: “ansiedade é a diferença entre o querer de Deus e o nosso próprio querer”. – Berg Brandt.

Compart. 0

4 Comentários

  1. andreanjoo@hotmail.com

    Olá grande e insentivador motivacional, Douglas Teixeira!
    O texto de hoje, é fantástico!
    E nos leva sem sombras de dúvidas, ao despertar da fé individual, e coletiva do ser humano!
    Tendo o nosso Deus, ou o de cada um a frente de todos os eventos futuros, que irão por vir!
    Grande abraço!!!

    Responder

Deixe um comentário: